Paura – “Truth Hits Hard” + “N​.​W​.​A”

>Os manos do Paura lançaram hoje, terça-feira, dois sons novos: “Thuth Hits Hard” e “N.W.A”. Ambas as faixas estarão no novo disco da banda, Tameless, que terá mais novidades anunciadas em breve.

_____

>Dudes in Paura have released today (2) two new tracks: “Thuth Hits Hard” and “N.W.A”. Both songs are to feature the band’s new album, Tameless; more news to come soon.

Solta essa voz, HR!

bad brains hr via marques you against

Foto: Danilo Souza

por Gabriela Capo

Quando anunciaram o Bad Brains no Brasil com formação original e divulgação do mais novo CD, Into the Future, lançado no finzinho de 2012, a molecada positive vibration pirou. E por molecada não digo só a juventude, não. Os fãs mais antigos de punk e hardcore de qualidade também aguardavam ansiosamente a chegada de uma das bandas mais influentes de Washington – e, ouso dizer, do mundo.

A escolha do lugar em que o show aconteceu nesta última sexta, 5, foi duvidosa (pelo menos para mim). O Via Marquês é palco de festas universitárias, mas está na rota de bandas como o Dead Kennedys, que se apresenta no próximo dia 21. A pista reuniu uma enxurrada de fãs de todas as idades que se jogavam nos moshs e aproveitavam cada acorde tocado com maestria pela guitarra de Dr. Know, cada batida de Earl Hudson na batera e o acompanhamento sem igual do baixista Daryl Jenifer.

A abertura ficou por conta da competente banda paulistana Paura, que se define como uma mistura entre Slayer e Bad Brains, dotados da ética do hardcore – a atitude. A escolha não podia ser mais certeira. Comandados pelo vocalista Fábio Prandini, o público que já estava na casa pôde conferir os sons dos últimos CDs da banda, com muitos riffs pesados e breakdowns por incessantes 45 minutos. Um dos destaques foi Fernando Schaefer, que detonou na bateria, pesando em cada batida e tornando as músicas mais densas e envolventes para os fãs entrarem na vibe do show principal.

Quem estava ansioso pelo show do Bad Brains teve que segurar a emoção por 1h. Enquanto preparavam o palco, rolava muito punk rock nas caixas e a casa lotava ainda mais por todos os tipos de fãs e curiosos. Finalmente, às 23h40, lá estavam os integrantes subindo ao palco. Sem muita enrolação, uma breve introdução com um som excepcional e logo o hino “Atittude” já era entoado por todos – menos por HR, que parecia estar em um mundo paralelo, tamanha a excentricidade. Sua voz marcante foi visceral nas músicas mais agitadas e acompanhada por caras e bocas. Nos dubs e reggaes do novo CD, podíamos ouvi-lo melhor, como se ele estivesse ali apenas para give thanks and praises to the Lord. Enquanto alguns insistiam em tentar ouvir o HR, outros preferiam entoar cada canção como se fosse em um karaokê regidos pelo mestre. Sim, estariam ali cantando acompanhados do Bad Brains.

Com performance genial, a banda passou pelo Brasil entoando hinos como “Banned in D.C”, “Re-ignittion” e “Pay to Cum. Quem estava ali conferiu guitarra, baixo e bateria como se estivesse dentro do estúdio, tamanha a perfeição da execução dos acordes. Depois de um break rápido, o Bad Brains arrematou o público com “I Against I”.

 

>>Pouco mais de uma hora de show e apenas uma certeza: Bad Brains é uma das melhores bandas da história.

Faz calor em Santos

bayside kings you against marcelo la farina

Bayside Kings em ação. Foto: Marcelo La Farina/YouAgainst!

>É verão na Califórnia brasileira. E a cena da baixada santista continua crescendo. Na última sexta-feira, dia 21, a Base foi palco para para que 100ilusões, Surra, Bayside Kings, Clearview e Paura fizessem o que poderia ser o último show de todos os tempos.

O calor era propício para o fim do mundo, mas como o apocalipse não chegou (pelo menos desta vez), o que se viu em Santos foi uma noite com hardcore de altíssima qualidade. Os locais do 100ilusões, Surra e Bayside Kings, exatamente nesta ordem, foram os primeiros a se apresentar – as duas últimas bandas com os maiores públicos da noite.

Não menos importantes, os shows do Clearview e do Paura não ficaram devendo no quesito excelência e empolgação. Porém, desfavorecidos pelo horário (tarde na madrugada), não tocaram para uma casa lotada.

>>Resumo do hardcore:

.100ilusões: Bom show, mas poderia ser mais breve.
.Surra: Ensurdecedor!
.Bayside Kings: Os donos da casa, os donos da festa!
.Clearview: Infelizmente prejudicada pela falta de público. Ótima banda.
.Paura: Seja para mil ou seja para um, o show dos caras sempre faz a casa entrar em ebulição. Quem é, é. Quem pode, pode.

A ética do hardcore

Paura You Against

Rodolfo e Rogério. Foto: YouAgainst!

>Depois de algumas tentativas sem sucesso, finalmente consegui marcar uma conversa com o Rogério (guitarra) e o Rodolfo (baixo), do Paura – uma das bandas mais celebradas do hardcore nacional e que está na ativa desde 1995, tendo se apresentado em 20 países tanto na América do Sul quanto na Europa.

Dentre as muitas fases que o Paura já teve em 17 anos de estrada, a mais recente começou justamente neste 2012, mais precisamente em setembro, quando a banda voltou da quarta gira pelo Velho Mundo e se viu em uma situação inesperada. “Nosso antigo baixista descobriu que ia ser pai antes da viagem. Ficamos meio ressabiados, mas ele nos garantiu que estava tudo certo. Mas quando a gente voltou ele deu a letra de que precisava parar e organizar a vida dele. Justo. Eu já sabia”, conta Rogério, “e nesse meio tempo eu já estava trocando umas ideias com o Rodolfo e acabei convidando o cara pra tocar”.

Rodolfo, que também toca no Good Intentions e é ex-Still X Strong, assumiu a nova função na semana seguninte com tempo apenas para ensaiar três vezes antes de subir ao palco. “Passamos pra ele qual seria o setlist e boa. O cara foi ouvindo tudo e tirou as músicas sem problemas”, lembra Rogério.

Como se percebe, 2012 vem sendo um ano agitado para o Paura. Além da mudança na formação, os shows na Europa e no Brasil, a banda lançou o EP Integrity Dept. (que você ouve AQUI) em vinil 7” e cujas músicas saem também no split Rage Through Integrity com o Clearview. “Não é todo mundo que tem equipamento para ouvir um 7”, um vinil”, comenta Rodolfo, “mas a maioria do público tanto do Paura quanto do Clearview é uma molecada que, mesmo com os problemas do mercado fonográfico, compram mais CD. E além disso um disco acaba sendo algo bem ‘exclusivo’, digamos assim. São feitas 300 cópias. Ter o material em CD, que geralmente sai em uma prensagem de mil cópias, é uma forma de fazê-lo seguir circulando.”

“Ter um registro físico é sempre mais interessante para a banda, óbvio”, diz Rogério. “Hoje em dia o pessoal baixa tudo na internet, mas baixa de uma plataforma tátil, de algo físico. É difícil ter algo rolando exclusivamente na internet. O vinil tá saindo bem, e isso meio que espantou a gente até. Mas são coisa que caminham lado a lado, entende? Temos que lançar na internet assim como temos que lançar o físico”, analisa. “Isso de só baixar acontece aqui. Lá fora o pessoal compra o download. Até mesmo pela qualidade. Tem gente que não percebe, mas o som vem com uma qualidade péssima se você baixa as músicas de um disco ripado”.

E é deste mais recente trabalho do Paura que vem “Worthless Progess”, clipe feito com orçamento de R$ 0 e na base da boa e velha camaradagem. A direção ficou por conta dos amigos Pablo Toledo e Raphael Cerqueira:

 

>>E 2013 promete mais novidades para quem curte a banda. Enquanto os trâmites para o lançamento do split são finalizados, o Paura trabalha em material inédito. “A gente nunca para. Temos cinco músicas encaminhadas, sendo que em duas estamos testando letras e vocais. Uma sexta também está a caminho, e essa já com contribuição do Rodolfo”, revela Rogério, “A ideia é essa: assim que estiver tudo pronto, dez ou onze músicas, entramos em estúdio para gravar um CD novo”.

Os planos de lançamento, porém, já não são tão certos assim. Um outro vinil não é prioridade, até porque, nas palavras de Rodolfo, não depende da banda: “precisamos que alguém se disponha a fazer isso. É muito caro! O split, por exemplo, está saindo por quatro selos ao mesmo tempo: Caustic, Travolta, Hearts Bleed Blue e SpiderMerch“.

“Os selos não se interessam mais tanto em investir em CD. A gente acaba vendendo bem porque a gente toca bastante. Nos shows é que rola a maior porcentagem de venda de discos”, conta Rogério. “Na loja virtual vende-se dois, três CDs por semana”, observa Rodolfo, “diferente de camiseta, boné, moletom, bermuda… O show é o que mantém tanto a banda quanto o selo”.

>>>A ética do hardcore. Quem já se dispôs a gastar dois minutos lendo a biografia do Paura na página da banda no TramaVirtual sabe que os caras misturam “a ética do hardcore com o peso do metal”. Mas o que isso realmente quer dizer? Rogério responde:

“Esse é um release épico! Mas o que a gente quis passar ali é que como formamos a banda nos anos 1990, já tínhamos um pé no metal. Sempre fomos caras que ouviam metal mas tocavam hardcore porque tecnicamente é mais acessível [risos]. Captávamos coisas de fora, tipo Strife, Earth Crisis… bandas com muita influência de metal. Essa mistura se deu aí: o peso desse som com letras que tinham uma mensagem. Esse é o hardcore. O metal sempre foi ‘bobo’ por não ter letra nenhuma com um apelo legal. Demônio, imagem, pesadelo… pô! Os únicos que elaboravam mais eram os caras do Metallica. Aí a gente pensou algo do tipo: ‘vamos juntar Slayer e Bad Brains’. A ética do hardcore é o Bad Brains. O que todo mundo fala hoje os caras falavam na década de 1980; toda aquela história do PMA. Se alguém se meter a falar de hardcore e não sacar de Bad Brains… sinto muito”.

Retrospectiva YouAgainst! 2011 Parte II – Shows

por Marcelo La Farina

A segunda parte da Retrospectiva YouAgainst! 2011 (clique AQUI para ver a primeira) traz à baila mais uma vez o que de melhor aconteceu nos palcos não só de São Paulo, mas também de Santos, Curitiba, Brasília e de onde mais o pit ferveu. Vamos nessa:

MARÇO

Rancore - Foto: Rodrigo Fonseca/YouAgainst!

Mesmo sem lotar, Rancore manda o som no talo e faz o Blackmore (SP) entrar em ebulição – resenha e fotos

ABRIL

OMBJ - Foto: Rodrigo Fonseca/YouAgainst!

Orquestra Brasileira de Música Jamaicana faz São Paulo viajar ao Caribe revisitando clássicos nacionais – resenha e fotos

xProvidencex - Foto: Rodrigo Fonseca/YouAgainst!

Precariedade estrutural marcou o Mosh&Blood Festival II, que teve xProvidencex, Norte Cartel, StillxStrong e mais – resenha e fotos

SETEMBRO

Bandanos - Foto: Marcelo La Farina/YouAgainst!

SPHC Fest XI esquenta fria tarde de domingo em São Paulo – resenha e fotos

Still X Strong – Hardcore na USP, partes I e II @ São Paulo, 30/09/2011 – vídeo 

 OUTUBRO

Reel Big Fish - Foto: Rodrigo Fonseca/YouAgainst!

Goldfinger e Reel Big Fish fazem matinê dançante em São Paulo para casa cheia – resenha, fotos e vídeo

Plastic Fire – “Crer e Observar” @ Music Hall, Curitiba, 29/10/2011 – vídeo

MxPx - Foto: Rodrigo Fonseca/YouAgainst!

Blackjaw, Garage Fuzz e MxPx @ Capital Disco, Santos, 23/10/2011 – fotos

NOVEMBRO
Lifelifters – Full Set @ Insurrecto [Sativa Bordô], São Paulo, 7/11/2011 – vídeo

La Revancha VS Conquest For Death @ Sativa Bordô, São Paulo, 10/11/2011 – vídeo

Ratos de Porão 30 anos – “Crucificados Pelo Sistema” @ Hangar110, SP, 11/11/2011 – vídeo

Gorilla Biscuits - Foto: Rodrigo Fonseca/YouAgainst!

Gorilla Biscuits faz a macacada descer do galho para não dançar a troco de banana em SP – resenha e fotos

Parkway Drive – “Idols And Anchors” @ Carioca Club, São Paulo, 12/11/2011 – vídeo

Parkway Drive – “Karma” @ Curitiba, PR, 13/11/2011 – vídeo

Still X Strong – “Satanic Memories Of Dismembered Flesh” @ TV Trama, 17/11/2011 – vídeo

Dead Fish – “Tijolo” @ Guarapari, Espírito Santo, 18/11/2011 – vídeo

Gorilla Biscuits – “New Direction”@ Fenix Coffee, Santos, SP, 18/11/2011 – vídeo

Gorilla Biscuits @ Blumenau, Santa Catarina, 19/11/2011 – vídeo

Gorilla Biscuits – “Forgotten” @ Carioca Club, São Paulo, 20/11/2011 – vídeo

John Wayne – “Aliança” @ Inferno Club, São Paulo, 26/11/2011– vídeo

Paura – “Burning The Flags” @ Uberaba, Minas Gerais, 26/11/2011 – vídeo

Violator – show completo @ Caga-Sangue Thrash, BSB, 20/11/2011 – vídeo

Bayside Kings – “Live, Dead, Inside” @ CES, Santos, 20/11/2011 – vídeo

 DEZEMBRO
Suicide Silence – “Wake Up”, “Lifted”, “Smoke” @ São Paulo, 3/12/2011 – vídeo

Suicide Silence – No Pity For A Coward @ Curitiba Music Hall, 04/12/2011 – vídeo

 DeusCastiga – show completo @ Rinha Cultural Macaé, RJ – 3/12/2011 – vídeo

Dead Fish – “Zero e Um” @ Hangar 110, São Paulo, 03/12/2011 – vídeo

NGTiV – “Caçadores” @ Jundiaí, São Paulo, 9/12/2011 – vídeo

Vendetta – “Vendetta” @ Hocus Pocus, São José dos Campos, 11/12/2011 – vídeo

Que Fim Levou Valdir? – “Corrente de 5″+”Na Vida” @ TV Trama, 1/12/2011 – vídeo

Questions – “Life Is A Fight”, “Prove Yourself” e + @ Tv Trama, 13/12/2011 – vídeo

Clearview – “Payback”, “Love It Or Leave It” e + @ Tv Trama, 14/12/2011 – vídeo