Rise Against – “I Don’t Want To Be Here Anymore”

>O Rise Against lança The Black Market no próximo dia 15 de julho, e por enquanto você pode ouvir “I Don’t Want To Be Here Anymore”. Este será o sétimo disco de estúdio da banda, sendo o mais recente Endgame, de 2011.

_____

>Rise Against will release The Black Market on July 15th, but meanwhile you can stream “I Don’t Want To Be Here Anymore”. This will be the bands 7th studio album, being the most recent one Endgame, dating back from 2011.

WROS Fest 2012 – Sábado

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rolou neste sábado, dia 4 de novembro, a primeira noite da primeira edição do WROS Fest Brasil. Dead Fish, Strike Anywhere, Streetlight Manifesto, Anti-Flag, Alkaline Trio e Rise Against subiram ao palco do Espaço das Américas, em São Paulo, diante de um excelente público – que mesmo assim não lotou o amplo local.

Dead Fish
Os capixabas do Dead Fish foram escalados para abrir a primeira edição do WROS Fest Brasil. Fazendo um bom show (como já era de se esperar!) para um bom público, a banda poderia ocupar lugar de mais destaque no lineup.

Strike Anywhere
Boa parte do público presente ao evento tinha o Strike Anywhere na lista das principais atrações que queria assistir. O show, que começou tímido, pegou embalo da metade em diante e terminou no ápice da empolgação. Dez minutos a mais seriam perfeitos.

Streetlight Manifesto
Skacore comprometido com a diversão. Foi isso que o Streetlight Manifesto entregou ao público na primeira noite do WROS Fest 2012. Show que empolgou quem estava com vontade de pular e dançar. Os músicos não escondiam a felicidade em tocar novamente no Brasil.

Anti-Flag
O Anti-Flag fez um show de punk de arena. Circle pits enormes, crowd surfing, vocalista interagindo frequentemente com o público e este respondendo a todo e qualquer estímulo. Ficou registrado também como o show com a maior quantidade de cuspidas, saltos e “fucks” por parte dos músicos.

Alkaline Trio
O Alkaline Trio fez o show mais longo da noite, com pouco mais de uma hora de duração. Foi também o show mais chato, cansativo e sem animação. Se você vai montar uma banda onde todas as músicas parecem a mesma, que elas sejam, no mínimo, animadas. Porém, quem é fã parece ter gostado.

Rise Against
Atração principal do WROS Fest 2012, o Rise Against criou muitas expectativas. Atendeu a algumas, desapontou em outras. Houve quem saísse do Espaço das Américas reclamando que ficou esperando durante mais de uma hora o enfadonho show do Alkaline Trio para uma apresentação curta de Tim McIlrath e companhia.

Rise Against toca Black Flag com Milo Aukerman e Bill Stevenson

>Durante o recente show do Rise Against – que vem ao Brasil para o Wros Fest em novembro – no Riot Fest em Chicago, a banda fez um cover de Black Flag e a música escolhida foi “Jealous Again”.

E para dar mais peso à performance, Milo Aukerman e Bill Stevenson, vocal e baterista do Descendents, respectivamente, deram o ar da graça no palco. As imagens não são das melhores, mas o áudio é honesto:

 

>>Jealous Again é também um EP do Black Flag lançado em 1980 que, além da faixa título, traz “Revenge”, “White Minority”, “No Values” e “You Bet We’ve Got Something Personal Against You!”

Rise Against faz cover de Bob Dylan e grava “Ballad of Hollis Brown”

Foto: Reprodução/FacebookOficial

Os muito estimados amigos do Rise Against soltaram nesta sexta-feira, também conhecida como dia 17, um clipe que fizeram para a regravação de  “Ballad of Hollis Brown”.

A música é de Bob Dylan – que vem ao Brasil para seis shows em abril – e originalmente faz parte de The Times They Are A-Changin’, lançado em 1964.

A regravação do Rise Against, por sua vez, está em Chimes of Freedom: The Songs of Bob Dylan, que saiu em homenagem aos 50 anos da Anistia Internacional.